Imagem de destaque do post Tipos de tecido: o que considerar para a construção da identidade visual

Tipos de tecido: o que considerar para a construção da identidade visual

Você que atua ou tem interesse pelo segmento de consultoria, sabe quais as informações que precisa ter sobre os tipos de tecidos? O que considerar importante na construção da imagem de uma cliente?

Quando falamos em tecidos, estamos tratando de um assunto complexo!

Faz sentido se pensarmos que esse material — que nos acompanha desde que nascemos, e faz parte não apenas da nossa vestimenta, mas da nossa casa, meio de transporte, etc — é algo com o qual nos relacionamos o tempo todo, de uma maneira ou outra.

Comercialmente, há muitas opções, nomenclaturas, texturas, cores, caimentos... Pessoas leigas no assunto, simplesmente vestem, “sentem”, avaliam se é confortável, se serve para determinada situação do dia a dia e no máximo analisam se é de fácil ou difícil manutenção.

Já os profissionais de consultoria precisam ter o máximo de entendimento para então orientar suas clientes com as melhores opções no que se refere a sua construção de identidade pessoal.

Você que atua ou tem interesse pelo segmento de consultoria, sabe quais as informações que precisa ter sobre os tipos de tecidos? O que considerar importante na construção da imagem de uma cliente?

Veja abaixo alguns pontos relevantes sobre tecidos, para a criação de uma identidade visual ideal:

1. Morfologia corporal

Uma das entregas em um processo de consultoria de imagem, é a análise do corpo da nossa cliente.

A Ideia, é trazer equilíbrio visual no que se refere às formas. Também, podemos através da imagem, disfarçar ou ressaltar partes do corpo da cliente, de acordo com a sua vontade. E os tecidos são nossos super aliados para essas resoluções.

Dependendo do tipo de tecido, podemos ampliar ou reduzir volumes, chamar atenção para um ponto específico, direcionar o olhar de quem observa… o tipo, texturas, cores, tudo interfere na “ilusão de ótica” e consequentemente o efeito que queremos gerar.

2. Comunicação de imagem

Não é segredo que a nossa imagem comunica. E com certeza os tecidos têm papel fundamental nessa comunicação! Claro, não de maneira isolada, é um conjunto de elementos que causam um impacto determinado na imagem.

Quando falamos nos tecidos, podemos, dependendo da escolha, potencializar uma imagem mais elegante, natural, distante, comunicativa, entre outras. Para isso é fundamental o entendimento dos tipos de tecidos, além de cortes, modelagem, texturas e cores.

3. Estilo Pessoal

Quando falamos que estilo é a tradução da nossa personalidade no vestir, estamos falando de valores, gostos, prioridades. E quando se trata de tecidos, saber o estilo da cliente, norteia nosso aconselhamento respeitando sempre o que mais tem relação com ela.

Há pessoas que priorizam conforto, outras têm preferência por refinamento, aquelas que gostam de valorizar as curvas do corpo, por exemplo.

E para cada uma dessas necessidades, saber sobre os tipos de tecidos é fundamental para construção de imagem que realmente funcione evitando assim uma imagem caricata e incoerente com a realidade de seu cliente.

Há muitas outras relações entre consultoria de imagem e tecidos, mas como comentei no início desse texto, esse assunto é realmente complexo.

É preciso saber sobre fibras, a rotina e necessidade dos clientes, aplicabilidade,  entendimento de etiquetas nas roupas e suas orientações, entre tantas outras nuanças e particularidades.

O importante, principalmente, é a consultora de imagem ter consciência de que tecidos não devem ser ignorados em um processo de construção de imagem.