Imagem de destaque do post Morfopsicologia: traços faciais e personalidade

Morfopsicologia: traços faciais e personalidade

A análise morfopsicológica tem grande importância na identificação das tendências de comportamento, estilos e personalidade da cliente. Por isso, essa é uma ferramenta essencial na Consultoria de Imagem. Saiba mais sobre o assunto no artigo!

Percebo que muitas alunas ainda têm dúvida de como a Morfopsicologia pode ajudar nos seus atendimentos, e é exatamente sobre isso que quero falar nesse texto.
Antes de nos aprofundarmos nesse assunto é importante deixar claro que a Morfopsicologia ou Psicologia da face, nada tem a ver com uma sessão com Psicólogo, até porque não temos respaldo para isso — a não ser que você seja também um profissional dessa área.

Continue a leitura para entender o que é essa ferramenta e qual a sua importância para a construção de uma imagem adequada para cada cliente.

Significado de Morfopsicologia

A Morfopsicologia recebe esse nome pelo significado das palavras que a compõem:

  • morfologia, que é o estudo das formas, onde através das formas do rosto iremos identificar os modos de funcionamento do ser;
  • psicologia, que deriva da psique (alma) é a ciência que trata dos estados e processos mentais, do comportamento do ser humano e de suas interações com um ambiente físico e social.

A importância análise facial na Consultoria de Imagem

Quando falamos em uma Consultoria de Imagem que, realmente, preza pelo SER, é de extrema importância que tenhamos as ferramentas necessárias para conhecer melhor cada pessoa antes de vesti-las.

Além da Morfopsicologia auxiliar os profissionais que trabalham com ela, essa ferramenta permite que a própria pessoa analisada tenha um maior conhecimento de si mesma e compreensão dos outros.

A análise facial é feita em cima dos traços e formas presentes no rosto da pessoa. Através dela é possível identificarmos algumas tendências de comportamento e personalidade do indivíduo em análise, com o objetivo de compreender a sua essência e eliminar qualquer tipo de julgamento.

Gosto de frisar a palavra “tendência”, justamente porque não estamos falando de verdades absolutas e sim, de traços que carregam uma determinada mensagem.

Não foram poucas as vezes que, olhando somente para o rosto de uma cliente, foi possível identificar os seus estilos predominantes.

Com a análise é possível constatar, por exemplo, se a pessoa tem uma tendência a ser mais comunicativa ou mais tímida, mais criteriosa nas suas escolhas ou mais impulsiva, mais doce ou mais ríspida; dessa forma conseguimos encontrar alguns indícios do que faz sentido para sua personalidade.

Além disso, a cliente consegue ter mais consciência de algumas atitudes para também trabalharmos isso na sua imagem. Através da morfomaquiagem, das cores, dos acessórios e sugestões de modelagens para roupas, buscamos transmitir uma mensagem mais adequada com o seu objetivo de imagem.

A Morfopsicologia é mais uma ferramenta de autoconhecimento que nos possibilita enxergar a evolução que tivemos entre nosso passado e nosso presente, nos dando a oportunidade de avaliarmos escolhas e atitudes a fim de buscar o nosso melhor desenvolvimento e o aprimoramento das habilidades naturais que carregamos na nossa essência e que, muitas vezes, nunca foram estimuladas.

Marina Kober

Professora de Morfopsicologia - Ecole Brasil