Advanced Style

 

Estilosas e cheias de personalidade as vovós de hoje em dia sabem muito bem afirmar suas escolhas e “bancá-las” independente da opinião alheia, afinal será que isso é relevante para elas? 

 

Essa geração que agora chega à terceira idade é a geração do baby boom. Elas são experimentadoras, desbravadoras, já mudaram muito o mundo (e continuam mudando). Seus hábitos e direcionamentos de consumo são, portanto, inovadores para essa faixa etária.

 

Criar moda para essa turma é bem diferente, pois os desafios começam na modelagem: o corpo não para de se modificar. Leia-se tronco mais curto, cintura expandida, curvaturas da coluna acentuadas, busto mais baixo,  e movimentos muitas vezes limitados por questões de saúde. Pele fina e mais sensível também exige materiais naturais, de preferência orgânicos. A moda deve estar atenta a essas transformações se quiser atender bem esse público e pensar em tecidos de qualidade, maleáveis, calçados confortáveis, ser prática para vestir e despir. No entanto, visualmente, não pode parecer “roupa de vovó”. 

 

 

Novos hábitos também fazem parte, já que aprenderam, ou estão aprendendo, a lidar com a ferramentas tecnológicas, diga-se de passagem, de ultima geração. Adentraram a internet recentemente e não podem ser ignoradas como consumidoras on-line. A novas idosas são um desafio para a moda, pois são consumidoras exigentes, experientes e transformadoras de hábitos… Afinal, o Baby Boom transforma o mundo desde os anos 60! Uma geração que sempre brilhou e ainda nos ensinará muito. 

 

No fim das contas, se pensarmos sobre as ideias convencionais de beleza e sobre como é envelhecer em uma sociedade obcecada pela juventude. Para os “mais” jovens, fica a questão se vamos nos vestir de tendências (muitas vezes duvidosas) até chegarmos aos 60, 70, 80 anos, para só então irmos atrás do nosso verdadeiro estilo.  E ai, será assim mesmo? 

 

Clichê ou não, nota-se que a maturidade e a liberdade financeira permite a essas vovós serem elas mesmas, deixarem aflorar o que há de mais profundo em si. A vestimenta tem sido uma linda maneira de expressar ao mundo como elas se sentem belas, plenas, alegres com a vida, consigo mesmas, com as escolhas que fizeram ou fazem até hoje. Cada vez mais esta geração antes “esquecida” pela industria da moda, pelos mais jovens, passam a nos integrar a esse mundo maravilhoso de conhecimento, poder, sabedoria que as advanced style nos apresentam. 

 

A Ecole como uma Escola que apoia e incentiva a essência e a verdade do ser humano, defendendo a máxima do ser para vestir, apoia e é partidária desse movimento que não só ganha as ruas, mas como certeza o corações.

 

 

Por um mundo onde seu estilo, sua marca, seja simplesmente você. 

 

 

 

Por Marcela Fabrício